quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Fique sabendo

O CÓDIGO QRA SERVE PARA DESIGNAR O QUÊ?
O operador da Estação Radioamadora ou a própria Estação??? Qual a serventia do Código QRZ? Eis as questões...

Embora você, talvez, não concorde comigo em relação ao Código Q, no que diz respeito ao QRA e QRZ... Analise as informações abaixo:
"Um total de quarenta e cinco códigos “Q” aparecem na "lista de abreviações para serem usadas na radiocomunicação", que foi incluída no serviço de regulamentação anexo à Terceira convenção internacional de RADIOTELEGRAFIA (Atenção! usar o código Q em fonia, por si só, já caracteriza uma certa incoerência; visto que foi criado para a Telegrafia). O código Q, original foi criado aproximadamente em 1909 pelo governo britânico, como uma "lista de abreviações... preparadas para o uso dos navios britânicos e estações costeiras licenciadas pela Agência postal geral". O código Q facilitou a comunicação entre operadores de rádios marítimos que falam línguas diferentes, por isso sua rápida adoção internacionalmente. A convenção aconteceu em Londres e foi assinada em 5 de julho de 1912, tornando-se efetiva em 1 de julho de 1913."
Vamos começar as explicações relatando o significado de QRA e QRZ para análise:
QRA - Qual o nome do operador ou da estação?
QRZ - Quem está chamando? Qual a sua estação?
Eu cito, por várias vezes, exemplos coerentes em relação ao uso do código QRZ que você possa fazer sua real análise, vamos lá: O site internacional destinado à busca de indicativos de radioamadores, se chama QRZ.COM ou seja, "ESTAÇÃO.COM"... A busca é feita pelo indicativo justificando assim o nome do site... Outro exemplo é caso das escutas internacionais em modos DX onde ouvimos constantemente os Norte Americanos designarem as estações por "Quiu Ar Zefe" (ou seja, QRZ); e estações Sulamericanas que designam como "QRZeta" (ou seja, QRZ)... Nunca ouvimos uma estação solicitar, no primeiro momento do contato, o QRA num DX, o que mostra claramente que QRA geralmente não se refere ao Indicativo da Estação... O que se solicita persistentemente é o QRZ (Quiu ar Zef) ou (Que Erre Zeta)!
Eu verifiquei intensamente a questão relativa ao QRA; e percebo que sempre se encontra a mesma indicação: "Qual o seu nome? Qual o nome da sua estação? Qual o nome do operador? O ponto a ser relevado é que nós somos pessoas atrás de um microfone; não somos apenas um indicativo. Somos pessoas que pensam e tem sentimentos; não somos apenas uma combinação de letras e números; Não existe nenhum outro código Q que substitua o QRA na hora de definir o nome do operador... É importante salientar que o código QRA pode ser usado para designar tanto o operador como a estação e isso deve ser respeitado enquanto não há nada que impeça de ser utilizado desta forma... Mas de maneira geral, a maioria dos radioamadores utilizam o código QRA para designar o nome do operador da estação radioamadora, e justamente por ser usado coletivamente desta forma é que ele deve ser aceitado desta forma como é utilizado...
É importante entendermos a intenção do operador ao usar os respectivos códigos... Acredito que corrigir os operadores que usam o QRA para designar o operador; impondo-se a condição de que o código QRA se refira única e exclusivamente ao nome da Estação (Indicativo), acaba deixando transparecer uma certa dose de altivez desnecessária a amigos que comungam de um mesmo gosto pelo radioamadorismo; causando assim, um efeito contrário ao desejado, o efeito da antipatia...
Assim, sugiro a todos que aceitem o código QRA, como forma restrita de comunicação, levando-se em consideração que este código não é uma matemática ou ciência exata que deva ser levada ao pé da letra, sugiro ainda que os radioamadores levem em consideração o contexto da frase dita pelo operador ao utilizar determinados códigos; afinal, faz parte da boa ética operacional, respeitar os radioamadores de um modo geral; e o mais importante de tudo para o operador de estação radioamadora é o QSO; e este QSO perderá o sentido, no momento que ele for indelicadamente questionado por algo desnecessario.
BLOG DO FLORENCIO - Se não acessar vai ficar se saber...

Nenhum comentário: